Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 7 de junho de 2011

CORDEL-O PADRE E A VIUVA

01-Vou contar uma historia
Que você não vai acreditar
De um padre muito fiel
Que o diabo chegou a tentar.
Em uma viúva ele se encostou
E aquele capelão tentou
Até o pobre não suportar.

02-Padre João em toda missa
Que ele vinha ali celebrando
Apareceu logo uma viúva
E o pra ele ficou desejando.
Uma mulher bem arrumada
Na frente do padre assentada
E o diabo veio tentado


03-Quando certo dia
A mulher com o padre veio falar
Como já era muito tarde
Ele a mandou ela voltar.
Como já era 22:00 horas
Ele falou:- Oh senhora
Agora preciso rezar.

04-Ela não deu nem ouvido
Fingiu que não escutou
Pegou no trinco da porta
E ali mesmo entrou.
O padre pra ser educado
Como ela já tinha entrado
A mesma ele a escutou.

05-Naquele exato momento
Ela começou a se confessar
Falando do seu passado
E ele somente a escutar.
Na mão do padre ela pegou
E depois triste se ajoelhou
E começou ali a chorar.


5-O padre falou:- minha filha
A hora já está chegando
É melhor você ir embora
Que estou me atrasando.
Ela fingiu que não escutou
E com o padre se abraçou
E foi naquilo pegando.

06-O vigário meio tímido
Porém meio preocupado
Com a imagem de Jesus cristo
Que estava ao seu lado.
Na batina a mulher pegou
E sobre Jesus colocou
Deixando ele guardado.

07-Foi naquele momento
Que o padre se modificou
Esqueceu quem era ele
E aquela viúva ali pegou.
No chão ficaram rolando
E ela danada gostando
E ela se realizou.

08-Três horas de relação
A viúva não mais agüentava
Ela tentava fugir do padre
E ele com a viúva se abraçava.
A pobre toda suada
Suas partes também assada
E ele muito gostava.

09-Aquela pobre viúva
Dos braços do padre escapava
Corria por dentro da igreja
E ele quase alcançava.
A viúva começou a gritar
-alguém venha me ajudar
até o sino abalava.


10-Chegou um momento
Que a viúva não suportou
Ela estava muito cansada
E o padre com ela se abraçou.
Beijando e fazendo carinho
Ele com aquele jeitinho
E tudo de novo começou.

11- Ela não mais agüentava
Correr também não podia
O padre com ela abraçado
E já amanhecendo o dia.
Ela logo pensou:
E um chute naquilo acertou
E do padre ela corria.

12- Ele deu um pulo danado
E pela igreja correndo gritava
Pegando em suas partes
Enquanto a viúva escapava.
Ela abriu a porta e correu
E pela rua desapareceu
E o padre sozinho chorava.

13- O padre triste sozinho
a Cristo pedia perdão
Meu Deus fui tentado
Pelo dono da tentação.
Aquela mulher apareceu
Foi o diabo que intercedeu
Ele é o dono da maldição.

14-Agradeço ao nosso Deus
Por ter aqui me inspirado
Para falar de um padre
Que pelo cão foi tentado.
Fiz aqui uma narração
através da inspiração
que por Deus foi enviado.


João Pessoa- 07 De Junho de 2011

Um comentário:

  1. Olá Armando
    Obrigada pela visita e achei bem interessante o tema de seus versos que se desenvolvem entre o profano eo sagrado.
    Um abraço,
    Dalinha

    ResponderExcluir