Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 28 de abril de 2011

MOTE- QUANDO CHOVE NO SERTÃO, O AÇUDE COMEÇA A SANGRAR.

Vivo no sertão Paraibano
Onde o calor aqui permanece
Assim que o dia amanhece
Já vem a terra esquentando
A lavoura logo muchando
O sertanejo com chapéu na mão
No tempo faz uma oração
Para Deus chuva mandar.
QUANDO CHOVE NO SERTÃO
O AÇUDE COMEÇA A SANGRAR.


Mais quando aqui não chove
A água começa a sumir
O peixe começa a diminuir
E a lama vem aparecendo
Sapo de rabo já morrendo
O tetéu à noite voando
Água ele procurando
Para ele se alimentar.
QUANDO CHOVE NO SERTÃO
O AÇUDE COMEÇA A SANGRAR.


Porém o nosso sertanejo
Não tem nenhuma solução
Chora com a real situação
E água em casa faltando
A mulher também reclamando
O gado no pasto seco morrendo
E vai ali anoitecendo
E ele somente a lamentar.
QUANDO CHOVE NO SERTÃO
O AÇUDE COMEÇA A SANGRAR.

João pessoa- 28 de Abril de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário