Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 17 de maio de 2011

SONETO- MEUS PASSOS



Cada passo que ele pisa sobre o chão
Ali vai ficar para sempre registrado
Imagino quem sofre uma amputação
E sobre uma cadeira é colocado.

O passo que ele dava acabou
E de cadeira de rodas vai andar
Naquele chão que ele pisou
Passou ali e começa a chorar.

A cadeira hoje é sua companheira
Vive sempre com ela andando
E a lágrima sempre vai derramar.

Vai viver assim a vida inteira
Sempre no passado lembrando
Até o dia que Deus lhe chamar.

João Pessoa-17de Maio de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário