Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 1 de maio de 2011

SONETO- O TRABALHADOR BRASILEIRO

Ao nobre trabalhador brasileiro
Que vive pelo patrão sendo humilhado
Que luta na vida o tempo inteiro
E morre sendo sempre, um assalariado.

Na empresa onde trabalha, é perseguido
Por um babão que é seu supervisor
Sempre ele luta por direito adquirido
Essa será a rotina, do nobre trabalhado.

Faz greve, mais aumento não consegue
Para ter direito a ganhar o seu pão
E sai chorando de caminho a fora.

Sempre o patrão ao pobre persegue
Quando é entregue por um babão
O trabalhador é colocado pra fora.

João Pessoa- 01 de Maio de 2011

Um comentário:

  1. Admiro o meu amigo,
    Poeta e guerreiro,
    Quando não esta de serviço,
    Está pensando o tempo inteiro,
    Engraçado e corajoso,
    Vive no mundo de paz,
    Escrevendo poesias linda demais.
    (Inaldo Luiz do Nascimento).

    ResponderExcluir